Pelé está entusiasmado com fato de Copa acontecer na África

Rei do futebol se orgulha por ter ajudado na escolha do continente africano para sediar o Mundial de 2010

EFE,

09 de fevereiro de 2010 | 12h16

O fato do continente africano receber pela primeira vez a Copa do Mundo é motivo de orgulho para Pelé, que disse nesta terça-feira, a 122 dias do início do torneio, estar entusiasmado por poder acompanhar a próxima edição do Mundial na África.

"Todo mundo sabe que estou muito confiante e feliz, porque fui eu quem lutou para que a Copa do Mundo fosse realizada na África", explicou o Rei do Futebol em entrevista ao site oficial da Fifa após a reunião da Comissão de Futebol da entidade, realizada hoje em Zurique (Suíça).

"Há alguns anos, alertei para a evolução das seleções africanas. Infelizmente, elas mostraram o seu progresso diante dos brasileiros, nos vencendo nas Olimpíadas", acrescentou, referindo-se às derrotas da seleção para Nigéria, nos Jogos de 1996, e Camarões, na edição de 2000.

Pelé, que é membro da comissão junto com Franz Beckenbauer, Hugo Sánchez e Roger Milla, evitou fazer previsões sobre qual seleção africana chegará mais longe na Copa, mas não descarta que uma delas surpreenda o mundo.

"É difícil dizer o que acontecerá neste ano, mas talvez tenhamos uma grande surpresa. As equipes africanas estão em grupos complicados, mas, caso se classifiquem para a segunda fase, certamente haverá uma surpresa", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa 2010Pelé

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.