Arnd Wiegmann/Reuters
Arnd Wiegmann/Reuters

Pelé falta a evento de conselho da Fifa para Copa 2014

Sem a presença do Rei do Futebol, Cafu representou o Brasil no encontro em Zurique

AE-AP, Agência Estado

10 de maio de 2011 | 09h45

ZURIQUE - Eleito um dos principais nomes escolhidos pela Fifa para liderar uma força-tarefa que visa tornar o futebol mundial mais atrativo e evoluído até a Copa do Mundo de 2014, Pelé foi uma das ausências de peso no primeiro encontro promovido pela entidade, nesta terça-feira, em Zurique, na Suíça, onde os integrantes deste conselho sugeriram as primeiras ideias para que o objetivo em questão possa ser alcançado.

Além de Pelé, eleito vice-presidente da força-tarefa da Fifa, o alemão Franz Beckenbauer, o presidente, não compareceu ao encontro, assim como o inglês Bob Charlton, outro ex-jogador de peso do futebol mundial que faz parte do conselho. A Fifa não explicou as razões para as ausências de Pelé e Charlton, mas disse que Beckenbauer não pôde estar presente por causa de um problema de saúde.

Sem a presença de Pelé, Cafu representou o Brasil no encontro. Campeão das Copas de 1994 e 2002 e vice em 1998, sendo o capitão da seleção que conquistou o último título mundial do Brasil, o ex-jogador faz parte de um painel que conta com a presença de 22 membros, entre eles outros ex-jogadores como Fernando Hierro e Savicevic.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, criou a força-tarefa depois de ficar insatisfeito com a qualidade dos jogos e com o nível de entretenimento proporcionado ao público na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul.

A entidade que dirige o futebol mundial pretende realizar novos encontros neste mês e espera pela entrega de um relatório no próximo dia 1.º de junho, quando o "grupo de discussão", como a própria Fifa define, poderá determinar novas diretrizes com o objetivo de elevar a qualidade do futebol mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.