Pelé fica surpreso com Edinho na comissão técnica do Santos

Ex-jogador participa de evento pela primeira vez após sua internação

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

12 Março 2015 | 18h05

Pelé mostrou surpresa com o anúncio feito pelo presidente do Santos, Modesto Roma Junior, que incluiu Edinho, filho do craque, na nova comissão técnica do Santos, formada por Marcelo Fernandes, efetivado como treinador, e Serginho como auxiliar-técnico. "Colocaram o Edinho nessa?", exclamou Pelé durante um evento realizado na tarde desta quinta-feira, no Museu Pelé, em Santos. "É bom deixar gravado para depois o presidente não dizer que não foi isso", completou o ex-jogador.

A afirmação foi feita no primeiro evento público no Brasil com participação de Pelé depois de sua internação no mês de dezembro do ano passado por causa de uma infecção urinária. Pelé participou do lançamento do livro "Segundo Tempo - de Ídolo a Mito", de autoria de Odir Cunha, no Museu Pelé. O evento marcou um encontro raro de Pelé com ex-companheiros do Santos. Participaram do encontro Dorval, Aguinaldo, Lima, Pepe, Coutinho, Manoel Maria, Clodoaldo e 20 garotos das categorias de base do Santos que receberam livros autografados pelo Rei do Futebol.

Foi um encontro bem-humorado e descontraído marcado pelas lembranças da época de ouro do Santos. "Estou com meus irmãos aqui. Nosso orgulho é muito grande. Independente de termos o dom de jogar, ninguém conhecia o Brasil. Era tão pouco conhecido que diziam que a capital do Brasil era Buenos Aires. Agradeço a Deus por ter podido trabalhar. O Santos promoveu esse time. O Santos deveria ser a seleção brasileira. A responsabilidade de vocês é grande", disse Pelé para os novos Meninos da Vila.

Mais conteúdo sobre:
futebol Pelé Santos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.