Pelé ficará 3 semanas em repouso absoluto

Pelé já está em casa, com recomendação médica de repouso absoluto nas próximas três semanas, pelo menos. A ordem é descansar para que a retina do olho esquerdo, operada na quinta-feira no Hospital Albert Einstein, cicatrize sem prejuízo à visão."Hoje é o primeiro dia do pós-operatório. É cedo para falar sobre a visão do Pelé. A retina está colada, mas vamos ver como evolui", disse o oftalmologista Marcelo Cunha, que fez a operação.Pelé recebeu várias recomendações, como fazer repouso absoluto, de preferência sentado, restringir o número de visitas, não movimentar muito a cabeça e não fazer exercícios físicos. "Ele até brincou dizendo que estava feliz porque poderá ficar três semanas em casa sem fazer nada", contou Marcelo Cunha. "Agora o mais importante é cuidar da saúde para não perder a visão."Segundo o médico, o sucesso da operação depende muito do momento da cirurgia. No caso de Pelé, foi feita em caráter emergencial, já que estava em viagem de negócios pela Suíça.A cirurgia durou cerca de duas horas. O ex-jogador havia recebido alta no mesmo dia, mas preferiu passar a noite no hospital porque sentiu incômodo no olho operado, à medida em que a anestesia foi perdendo efeito. Foi medicado e acordou muito bem disposto. A venda sobre o olho operado foi retirada e ele foi para casa.Pelé preferiu sair por uma porta secundária, para evitar o encontro com a imprensa que o aguardava na entrada principal do hospital. O primeiro retorno médico deve ocorrer nos próximos três dias, mas com uma regalia digna de "Rei do Futebol": deve ser avaliado na própria casa, para evitar exposição.Marcelo Cunha explicou que a preocupação nos primeiros dias de pós-operatório é acompanhar a diminuição do processo inflamatório do olho operado, que estava bem inchado nesta sexta-feira em razão da cirurgia.Pelé poderá ser gradativamente liberado para atividades mais leves. Primeiro dentro de casa, depois na cidade. Exercícios físicos, somente em três semanas. "Se a evolução for realmente muito boa, poderá fazer uma viagem internacional daqui a três a quatro semanas", estima o médico.Em relação à recuperação da visão do olho esquerdo, o procedimento é mais demorado. Os médicos só terão um diagnóstico definitivo dentro de dois a três meses. O repouso inclui distanciamento das entrevistas e dos jornalistas, o que impedirá Pelé de se manifestar sobre o estado de saúde de Maradona, que segue inconsciente em Buenos Aires desde o domingo passado. Os dois são desafetos antigos e Pelé ainda não havia se pronunciado sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.