Charles Platiau/Reuters
Charles Platiau/Reuters

Pelé lamenta morte de Maradona: 'Espero que possamos jogar juntos no céu'

Rei do Futebol manifesta luto pelo falecimento do argentino e diz ter perdido um amigo

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2020 | 15h03

Pelé se manifestou pelas redes sociais sobre a morte de Maradona, ocorrido nesta quarta-feira, dia de futebol no Brasil. O Rei declarou ter perdido um "grande amigo". Disse ainda esperar que eles "possam jogar bola juntos no céu". Pelé é 20 anos mais velho do que Maradona. Ambos nasceram no mês de outubro. "Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu", escreveu Pelé, em publicação no Instagram com foto de Maradona com a taça da Copa do Mundo de 1986, vencida pela seleção argentina.

Maradona ficou internado por cerca de dez dias no início de novembro. Ele teve diagnosticado um hematoma no cérebro. Teve de passar por uma cirurgia às pressas, mas, segundo os médicos na ocasião, tudo tinha ocorrido conforme o planejado e Maradona se recuperava. Permaneceu uns dias a mais no hospital antes de começar tratamento de recuperação na sua casa, em Tigre, na região metropolitana de Buenos Aires. Foi lá que ele morreu depois de sofrer parada cardíaca. Tinha 60 anos.  

Maradona teve ao longo da sua vida uma relação de amor e ódio com Pelé. Nos últimos anos, no entanto, os dois selaram a paz e até trocaram afagos em público, alguns provocadas por patrocinadores em comum ou eventos de ambos. No centro do embate entre o argentino e o Rei do Futebol esteve principalmente a disputa para saber quem era melhor. A discussão, e dúvida, chegou ao Vaticano, no Papa Francisco, que é argentino e amante do futebol. 

A maioria dos fãs do futebol de todo o planeta sempre apontou Pelé como o melhor. Menos na Argentina. Lá, Maradona é uma religião, um deus, mesmo sempre mostrando seu lado humano.

No último dia 23 de outubro, Maradona deu os parabéns a Pelé pelo seu aniversário em mensagem nas redes sociais. Pelé retribuiu a gentileza no dia 30, quando Maradona completou 60 anos, e publicou uma foto de ambos antes da final do Copa de 1990, na Itália com a seguinte legenda: "Meu grande amigo, eu vou sempre te aplaudir. Eu vou sempre torcer por você. Que a sua jornada seja longa e que você continue sempre sorrindo, e me fazendo sorrir também!"  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.