Pelé: livro traça o ?rei? da arte à magia

Cantado em prosa, verso e samba, badalado e conhecido no mundo todo, íntimo de reis e presidentes - o que mais resta a dizer sobre Pelé? Tudo, se a pergunta se refere à dimensão mítica do homem. Essa é a via de entrada do jornalista José Castello. Com o livro Pelé - os Dez Corações do Rei (Ediouro, 240 págs. R$ 29,00), que terá lançamento nesta quinta-feira na Livraria Cultura, Castello procura entender alguma coisa dessa lenda. Sabe que, no fundo, a tarefa é difícil, quase impossível - "Explicar Pelé: eis uma coisa que jamais se conseguiu", escreve ele na página 218, já perto do final do volume.O projeto de escrever o livro começou quando a editora o convidou para escolher um personagem para a coleção de perfis Avenida Paulista. Havia um saboroso leque de opções disponível: Lygia Fagundes Telles, Antonio Candido, Mário de Andrade, entre outros pesos pesados. No fim da lista, Edson Arantes do Nascimento. Castello comentou com o editor que este deveria ser o nome mais disputado. Engano. Ninguém parecia interessado nele. E assim, José Castello, que torce para o Fluminense, resolveu "adotar" o Rei que, como sabem até as pedras do caminho, projetou-se no Santos Futebol Clube, onde chegou menino e de onde saiu no final da carreira.Castello diz que não teve medo de escrever sobre uma pessoa pública tão notória. "Talvez tivesse receio se meu objetivo fosse perfilar o Edson Arantes do Nascimento, o cidadão, empresário, colunável, ex-ministro de Estado, etc, e que foi também jogador de futebol. Mas meu livro é sobre o Pelé, o mito Pelé, e não o homem Edson." Convém assim não esperar pelas polêmicas que envolvem o Edson, os problemas empresariais, filhos não reconhecidos, etc. Nada disso interessa ao trajeto do mito.E a construção desse mito se faz em dez passos principais, que são os dez capítulos do livro: Predestinação, Arte, Obstinação, Sangue, Coragem, Mística, Paixão, Espelho, Nobreza, Magia. São como os passos da paixão, as etapas de uma coroação, os pontos de parada de uma caminhada mística. Descritos com um toque de paixão de torcedor assumido: "Foi com esse papel de ?súdito? que escrevi meu livro", diz Castello em entrevista à Agência Estado.Serviço - O lançamento de Pelé - Os Dez Corações do Rei, de José Castello, ocorre nesta quinta-feira, às 19h30, na Livraria Cultura Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073 - Loja 151, São Paulo.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2004 | 09h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.