Pelé pede Santos com garra de campeão em clássico

Pelé disse nesta segunda-feira que o Santos tem totais condições de derrotar o Corinthians, nesta quarta, no Pacaembu, e ser o finalista brasileiro da Copa Libertadores. Ao ser questionado pelos jornalistas sobre as semifinais, o Rei brincou. "Achei que vocês não iam se lembrar disso".

SANCHES FILHO, Agência Estado

18 de junho de 2012 | 20h09

Em seguida, Pelé mostrou confiança no time santista. "O Santos tem condições de reverter, claro. Só que não podemos jogar sem a garra de um vencedor porque não dá nem para empatar. Tem de vencer", afirmou o maior jogador de todos os tempos.

Para Pelé, o Santos exigiu pouco do Corinthians na partida da Vila Belmiro. "Aceitamos muito o jogo do Corinthians. Eles têm na defesa o ponto forte e jogam se defendendo. Não demos tanto trabalho nem para que eles fizessem esse esforço de não tomar gol", disse. "É preciso fazer eles trabalharem. Futebol assim. O Corinthians ganhou o primeiro jogo, mas tudo está em aberto". O Atleta do Século XX não quis arriscar o placar do jogo desta quarta. "O meu palpite é que Santos vence".

Pelé esteve nesta segunda no Valongo, centro histórico de Santos, vistoriando as obras do museu que terá o seu nome e vai reunir objetivos, filmes, troféus e publicações a seu respeito. O local tem previsão de inauguração para novembro deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantosPeléCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.