Pelé pensa em processar a PSN

A quebra da PSN renderá muitos processos trabalhistas contra a empresa - vários dos 139 funcionários demitidos na semana passada já estão preparando a documentação necessária -, mas nenhum terá tanto impacto quanto o que poderá surgir na semana que vem: se até o fim desta semana não receber uma satisfação da empresa, Pelé irá à Justiça para receber o que a emissora lhe deve.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.