Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Pelé perde briga para Hélio Viana

O empresário Hélio Viana, ex-sócio de Pelé na empresa Pelé Sports & Marketing, foi absolvido hoje da acusação de difamação pela Primeira Turma Recursal dos Juizados Especiais Criminais do Rio. A Turma Recursal manteve a sentença do IV Juizado Especial Criminal que julgou improcedente a queixa-crime proposta por Pelé. Segundo o processo, Viana teria cometido irregularidades na gestão dos negócios de Pelé, gerando uma denúncia do Ministério Público. Em vez de se defender, passou a difamar seu ex-sócio. Em 2001, durante entrevista ao Jornal Nacional, da Rede Globo, o empresário indagou de forma irônica e sarcástica como Pelé teria comprado o passe do jogador Giovanni, ex-Santos. As declarações faziam alusão ao fato de que o Atleta do Século teria feito a compra com US$ 700 mil da Unicef.

Agencia Estado,

19 de agosto de 2003 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.