Pelé quer ver seleção com padrão de jogo contra suecos

Maior problema da equipe brasileira é a juventude, diz ídolo, que se revelou muito decepcionado com prata olímpica

MATEUS SILVA ALVES, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 08h05

ESTOCOLMO - Durante o evento do qual foi a atração principal no Estádio Rasunda, em Estocolmo, na manhã desta terça-feira, Pelé falou rapidamente sobre a derrota da seleção brasileira na decisão dos Jogos Olímpicos de Londres, sábado, para o México. Muito decepcionado com o resultado de 2 a 1 a favor dos mexicanos - dois dias antes da final o Rei havia previsto a vitória do Brasil -, ele evitou criticar o futebol mostrado pelo time dirigido por Mano Menezes, mas ainda assim deixou escapar um reparo ao trabalho do técnico.

"A gente precisa ter um tipo (padrão) de jogo", comentou Pelé. "Você veja que a equipe do México, que tinha mais tempo de jogo, veio bem armada, jogando bem na defesa, e surpreendeu a gente."

Para não deixar uma impressão de que está pessimista com o futuro da seleção, Pelé fez elogios aos jogadores. Ele acredita que o maior problema da equipe brasileira é sua juventude e que ela estará muito melhor na Copa do Mundo de 2014. "A nossa seleção é boa, mas ela é muito jovem. Mas nós ainda temos tempo para armar a equipe, todos os jogadores são bons, de categoria."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção brasileiraPelé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.