Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Pelé reafirma erro médico: 'Teve problema e fiz um reparo'

Primeira cirurgia foi feita em 2012 em São Paulo

Vítor Marques, Estadão Conteúdo

07 de abril de 2016 | 18h40

Pelé participou de um evento em São Paulo nesta quinta-feira e reafirmou que houve erro médico em sua primeira cirurgia do quadril feita em 2012, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o "Rei do Futebol", a segunda operação fez com que as dores desaparecessem.

"Não sou especialista nisso, mas a gente sempre procura os melhores profissionais. Quando fiz a cirurgia aqui (em 2012), parece que teve algum problema", disse Pelé, que chegou ao evento ainda andando com dificuldade.

A nova cirurgia foi feita em dezembro do ano passado, nos Estados Unidos. "Segundo os médicos de lá, houve pequeno equívoco médico, por isso não conseguia passar a dor. Ouvi outro médico, e fiz um reparo. Se ele estava certo ou não, graças a Deus estou bem, não tenho mais dores."

O Hospital Albert Einstein já divulgou uma nota rebatendo a declaração de Pelé. O médico Roberto Dantas, ortopedista que operou o ex-jogador em 2012, também negou que houve erro médico na cirurgia.

"Não existe nada de erro médico. Esta história do parafuso que ele conta, ele entendeu errado. Antes de o Pelé ir para os Estados Unidos, para esta nova cirurgia, repetimos todos os exames e não encontramos de modo algum nada errado na prótese do seu quadril", garantiu o médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.