Pelé recusa convite para jogar com Ronaldo

Ronaldo tentou, mas não conseguiu convencer Pelé a ser seu companheiro de ataque em partida beneficente marcada para segunda-feira, na Suíça. O astro do Real Madrid convidou o Rei do Futebol a vestir a camisa 10 da equipe que desafiará o time dos ?Amigos de Zidane?, mas recebeu um não como resposta. Na mesma data, o maior jogador de todos os tempos estará empenhado em gravações de cenas do filme sobre sua vida.A recusa foi anunciada oficialmente por José Rodrigues Fornos, um dos assessores de Pelé. Ele garantiu que o único tricampeão do mundo como jogador (58, 62 e 70) "ficou orgulhoso" com a lembrança, mas não estará no St. Jacob Park, na Basiléia, por acúmulo de compromisso.Ronaldo chegou a mostrar, em Madri, a camisa reservada para Pelé, com quem pretendia fazer tabelinhas, mesmo que fosse por alguns minutos. O artilheiro da Copa de 2002 admitiu que seria a realização de um desejo jogar com seu ?ídolo?. O encontro significaria tentativa de Ronaldo contornar de vez mal-estar que provocou, dois meses atrás, ao insistir que Pelé havia feito muitos gols pela seleção brasileira porque jogava contra combinados de baixa categoria. Na época, chegou a pedir recontagem dos gols do Rei.O jogo de segunda-feira terá a renda revertida para obras da ONU no combate à fome e à pobreza. Roberto Carlos, Vieri, Crespo, Figo são alguns dos convidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.