Pelé: ?responsáveis terão de pagar?

O ex-jogador Pelé reiterou nesta segunda-feira em sua página na internet, que vai exigir que os responsáveis pelo desvio de US$ 700 mil da Unicef sejam punidos pela Justiça. ?Garanto que os responsáveis pagarão pelo que fizeram e responderão por seus atos na Justiça?, disse.Respondendo à pergunta de um fã, Pelé voltou a negar que tivesse ficado com algum dinheiro da instituição. ?É mentira que eu recebi dinheiro. Ajudo a Unicef há 32 anos e jamais toquei em nenhum centavo da instituição. Na semana passada, meus advogados e um grupo de auditores independentes estavam examinando os papéis da minha empresa e das empresas dos meus ex-sócios para verificar o paradeiro do dinheiro que deveria ter sido usado para promover o evento em prol da Unicef?, afirmou ele. O evento da Unicef em favor de crianças carentes na Argentina não foi realizado, mas a empresa de Pelé teria recebido o dinheiro. Segundo Pelé, estão sendo auditadas também todas as transações envolvendo a Pelé Sports & Marketing.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.