Pelé será garoto-propaganda do Santander na Libertadores

Segundo estudo do banco, ex-jogador brasileiro representa 'fama mundial, liderança e exemplo a ser seguido'

Efe,

14 de fevereiro de 2008 | 12h00

Pelé será o garoto-propaganda do banco Santander na Copa Libertadores de futebol pelos próximos cinco anos na América Latina, anunciou nesta quinta-feira a entidade bancária. Veja também:  Pelé confirma fim do casamento com Assíria O Santander acredita que a contratação de Pelé, de 67 anos, ajudará a popularizar a nova denominação da competição, além de potenciar a marca e a posição comercial do banco na região. Com quase 140 partidas e 38 equipes de 11 países, a Copa Santander Libertadores é a mais importante da América Latina e sua audiência acumulada é de quase 1,5 bilhão de espectadores por temporada. Pelé, eleito Atleta do Século pelo jornal francês L'Equipe em 1981, e pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em 1999, representa fama mundial, liderança e exemplo a ser seguido, segundo um estudo do banco Santander em novembro de 2007. O estudo foi feito com 2.800 clientes de bancos em sete países (Brasil, Argentina, Chile, Espanha, Itália e México, Reino Unido). Defendendo o Santos, Pelé conquistou duas vezes a competição sul-americana, em 1962 e 1963. Este ano, Santos, Flamengo, Fluminense, São Paulo e Cruzeiro são os representantes brasileiros. Em 2007, o Santander obteve na América Latina um lucro líquido atribuído de US$ 3,648 bilhões, 27% a mais que o mesmo período do ano anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresPeléSantander

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.