Pelé Sports: desvio de US$ 8 milhões

A empresa que Pelé contratou para apurar possíveis irregularidades dentro da Pelé Sports & Marketing chegou à conclusão de que mais de US$ 8 milhões foram desviados. O Rei está na Justiça contra o ex-sócio Hélio Viana e pretende ir longe nas investigações. A auditoria deve entregar o relatório final na segunda-feira. Pelé tenta descobrir, também, o que houve com os US$ 7 milhões a que sua empresa teria direito por haver intermediado o contrato de parceria entre o Flamengo e a ISL, em 2000. O ex-craque foi alertado pelos auditores que esse dinheiro nunca apareceu na conta da PS&M. Ele disse não saber se o valor não foi pago pelo Flamengo ou se alguém de sua empresa desviou o dinheiro. O Rei garante que a vinculação de irregularidades com a PS&M não prejudicou em nada sua imagem, mas houve grupos que já haviam assinado contrato com ele que preferiram adiar os compromissos, até que a repercussão dos fatos diminuísse. "Não tenho preocupação com isso, já há umas quatro empresas me procuraram para fazer propaganda." Televisão - Com o encerramento das atividades da PSN, da qual era contratado, Pelé pode firmar novo contrato com a Globo e ser comentarista na Copa do Mundo. O ex-jogador quer, antes, acertar as contas com a empresa americana. "Esperamos que haja um acordo amigável para que o caso não precise ir para a Justiça."

Agencia Estado,

19 Março 2002 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.