Arquivo Estadão
Arquivo Estadão

Pelé terminou a carreira usando lentes de contato

Maior jogador do mundo fez 1281 gols sem enxergar perfeitamente

GONÇALO JÚNIOR, O Estado de S. Paulo

04 de agosto de 2013 | 08h00

SÃO PAULO - O caso mais célebre da relação entre os problemas de visão e o futebol é a miopia de Pelé. Em entrevista ao Estado, ele reafirmou que tem uma miopia entre 2 graus e 2,5 – não se lembra ao certo. Sim, o maior jogador do mundo fez 1281 gols sem enxergar perfeitamente.

O oftalmologista Celso Gonçalves explica que, com esse grau, Pelé enxerga mal e tem dificuldade para distinguir as cores. Para piorar, as iluminações dos estádios não eram como as de hoje, o que agravava o problema.

O Rei do Futebol conta que usou lentes de contato nas duas últimas temporadas pelo Santos. Foi artilheiro e campeão paulista em 1974 com a correção. E terminou a carreira no Cosmos usando as lentes. Só uma pessoa encasquetou com a miopia de Pelé: João Saldanha, técnico demitido da seleção às vésperas da viagem para a Copa de 70. Disse que a má fase do Rei era por causa da miopia. Anos depois, voltou atrás.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCPelé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.