Felipe Trueba/EFE
Felipe Trueba/EFE

Pellegrini garante 'futebol atraente' no comando do City

O técnico sabe que terá que conquistar títulos importantes, como o Campeonato Inglês e a Liga dos Campeões

AE, Agência Estado

15 de junho de 2013 | 08h56

Manchester - Novo técnico do Manchester City, o chileno Manuel Pellegrini chega ao clube pensando em títulos, mas também em imprimir uma nova forma de jogo na equipe. Substituto de Roberto Mancini, que era criticado muitas vezes por seu estilo defensivo, o treinador prometeu um "futebol atraente" e ofensivo já a partir da próxima temporada.

"Minha primeira mensagem é falar para todos os torcedores que eles se divertirão na temporada. Eu tenho certeza que eles gostarão da forma como nosso time vai jogar. Vamos jogar um futebol atraente, ofensivo", afirmou Pellegrini em entrevista ao site do Manchester City.

Peças para isso, o treinador terá. Ele comandará nomes de peso como Yaya Touré, David Silva, Sergio Agüero, Carlitos Tevez, entre outros. No entanto, o próprio Pellegrini admite que apenas um futebol bonito não contentará os torcedores do City. O técnico sabe que para isso será preciso conquistar títulos importantes, como o Campeonato Inglês e a Liga dos Campeões.

"Todos sabem que quando se chega em um clube como o City é preciso vencer títulos. Acho que o clube investiu muito dinheiro para melhorar seu elenco a cada ano e tentar, a cada ano, conquistar títulos", comentou. "Eles não tiveram sucesso em alguns campeonatos, mas tenho certeza que venceremos. Talvez o Inglês, a Liga dos Campeões. Vamos tentar vencer muito."

Pellegrini chega ao City com pouca experiência entre os principais times da Europa, tendo comandado apenas o Real Madrid em uma temporada (2009/2010), quando o clube acabou sem nenhum título. O próprio treinador admite que seus trabalhos mais expressivos foram em equipes de menor expressão na Espanha, como o Villarreal e o Málaga.

"Com o Málaga eu alcancei as quartas de final da Liga dos Campeões (na última temporada), com o Villarreal cheguei às semifinais (na temporada 2005/2006). Toda esta experiência será muito útil para mim. Tenho certeza que vamos ter uma temporada muito boa. Posso prometer ao torcedor que trabalharei duro", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.