Cesar Greco|Agência Palmeiras
Cesar Greco|Agência Palmeiras

Pelo pai, Leandro Almeida quer fazer sucesso no Palmeiras

Zagueiro diz que o falecido pai gostava do estilo 'beque de fazenda'

Daniel Batista, Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2016 | 16h17

O zagueiro Leandro Almeida chegou ao Palmeiras no ano passado, após uma longa negociação com o Coritiba, mas não rendeu o esperado. Nesta temporada, ele participou das duas partidas que o time fez no Uruguai, em torneio amistoso, e espera ganhar mais espaço nos próximos jogos para poder dar orgulho ao pai, falecido há dois anos.

"Quando eu estava na escolinha, a gente sempre acompanhava o Palmeiras. Meu pai gostava do Júnior Baiano e Roque Júnior e ele era daquele zagueirão de roça, que gostava de sentar o pé. Embora a gente seja de Minas e não torcíamos para o Palmeiras, a gente sempre focava no Palmeiras. Eu comecei no Atlético-MG, fui para a Ucrânia, voltei e de repente teve a proposta do Palmeiras...", disse o defensor, que parou de falar por estar claramente emocionado.

Após uma breve paralisação, ele continuou. "Difícil lembrar. Ele não estava aqui para presenciar isso, que o filho dele estava jogando no Palmeira. Ele gostava de mostrar para todo mundo que ele tinha um filho jogador", completou.

O jogador teve seu nome comentado em outros clubes do Brasil. Recentemente, o Vitória chegou a sondá-lo, mas Leandro Almeida deixa claro que não tem interesse em deixar o Palesta Itália neste momento. "Quero permanecer. Cheguei e realizei o sonho do meu pai. Em todos os clubes que passei, eu joguei e aqui ainda não tive uma sequência boa. Se teve alguma coisa (proposta), não chegou em mim", assegurou o defensor.

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.