Divulgação
Divulgação

Pelo Paulistão, Red Bull Brasil e Santo André ficam no 1 a 1 em Campinas

Time de Campinas soma um ponto e lidera o Grupo B, que tem o São Paulo

Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 22h58

Red Bull Brasil e Santo André continuam sem vencer no Campeonato Paulista. Eles empataram por 1 a 1 nesta quarta-feira no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), em jogo antecipado da terceira rodada. O time campineiro não conseguiu se reabilitar da derrota para o Mirassol, enquanto que o time do ABC acumulou o seu segundo empate porque na estreia em casa ficou no 1 a 1 com o Ituano.

Mesmo com um ponto, o Red Bull Brasil agora lidera o Grupo B, que tem ainda São Paulo, Linense e Ferroviária com zero. O Santo André soma dois pontos no Grupo C, que tem Novorizontino e Palmeiras com três e São Bento sem nada.

Sem vencer na rodada inaugural, os dois times entraram em campo cautelosos, indo ao ataque de maneira pouco efetiva. Os dois goleiros não fizeram nenhuma defesa que chamasse a atenção.

Não houve mudança no intervalo, mas o time da casa entrou determinado a imprimir mais velocidade. Logo aos três minutos, Misael foi lançado em velocidade e foi empurrado por Paulinho dentro da área. Pênalti bem marcado. Na cobrança, Elton foi perfeito, cobrando com força e no canto esquerdo de Zé Carlos, que quase tocou na bola. Primeiro gol aos cinco minutos.

Depois disso, o Red Bull Brasil recuou, mesmo diante de um adversário sem força ofensiva. Aos 27 minutos, o técnico Toninho Cecílio acordou e colocou dois atacantes, Deivid e Claudinho, respectivamente nos lugares do volante Baraka e do atacante Henan. Deu certo. Aos 29 saiu o empate. Claudinho apareceu na linha de fundo e cruzou para trás para o chute colocado de Fernando Neto.

A partir daí, do outro lado, Alberto Valentim tentou dar ânimo ao Red Bull Brasil. Tirou Branquinho para a entrada de Dener e colocou Bruno Alves na vaga de Misael. Antes, o técnico já tinha queimado uma troca com a entrada de Nano Carandina no lugar de Alison, em uma mudança de volantes.

Mas não deu tempo para mudar o placar. O Santo André não se arriscou mais e tratou de garantir o importante ponto fora de casa. Inclusive com a entrada do volante Diogo Orlando no lugar do atacante Edmilson. O Red Bull Brasil foi incapaz de reagir e mostrou deficiência nas finalizações, insistindo nos chuveirinhos.

Os dois times voltam a campo neste final de semana. No sábado, às 21 horas, o Santo André vai sair diante do Corinthians, no estádio Itaquerão, em São Paulo. No domingo, às 11 horas, o Red Bull Brasil recebe o Santos, mas o duelo será no estádio do Pacaembu, tambpem na capital paulista.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRASIL 1 x 1 SANTO ANDRÉ

RED BULL BRASIL - Saulo; Bruno Ferreira, Willian Magrão, Luan Peres e Thallyson; Alison (Nando Carandina), Fillipe Soutto, Elvis e Branquinho (Dener); Elton e Misael (Bruno Alves). Técnico: Alberto Valentim.

SANTO ANDRÉ - Zé Carlos; Cicinho, Leonardo, Reniê e Paulinho; Baraka (Deivid), Dudu Vieira, Fernando Neto e Eduardo Ramos; Henan (Claudinho) e Edmilson (Diogo Orlando). Técnico: Toninho Cecílio.

GOLS - Elton (pênalti), aos 5 minutos do segundo tempo; Fernando Neto, aos 29 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thallyson (Red Bull Brasil); Paulinho e Dudu Vieira (Santo André).

ÁRBITRO - Ilbert Estevam da Silva.

RENDA - R$ 5.870,00.

PÚBLICO - 542 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Mais conteúdo sobre:
futebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.