Pelo Twitter, programa New Day da CNN mata Pelé

Emissora dos Estados Unidos é corrigida pelos próprios seguidores na rede social

O Estado de S. Paulo

28 de março de 2014 | 12h31

SÃO PAULO - Na manhã desta sexta-feira, o programa New Day, da emissora de televisão a cabo norte-americana CNN, publicou em seu Twitter que o ex-jogador Pelé havia morrido. 'Ex-jogador brasileiro Pelé morre aos 74 anos', escreveu o canal em sua página na rede social. Pelé, que na verdade tem 73 anos (completa 74 em 23 de outubro), ainda não tomou conhecimento da confusão, já que estaria em um voo para a Espanha no momento da notícia, informou sua assessoria de imprensa.

A noticia rapidamente correu entre os seguidores da CNN nas redes sociais. Minutos depois, após ser contatada por um dos representantes de Pelé, o programa retirou a informação do ar e se desculpou pela notícia falsa.

Ativo nas redes sociais, Pelé tuitou com Neymar, do Barcelona, na manhã dessa sexta-feira. Por meio de sua conta pessoal, o Rei do Futebol ainda não se pronunciou. Na troca de mensagens com o craque do time espanhol, Pelé comentou sobre a despedida da Kombi, a perua que não será mais produzida na Volkswagen.

    

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPeléCNN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.