Pênalti perdido pelo Uruguai deu moral para o Brasil, diz Cavani

Apesar da decepção pela derrota, ele avisou que vai lutar agora para conseguir o 3.º lugar

AE, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 19h57

BELO HORIZONTE - O pênalti perdido por Diego Forlán aos 14 minutos do primeiro tempo deu moral para a seleção brasileira reagir e chegar à vitória, nesta quarta-feira, no Mineirão. A avaliação é do atacante Cavani, autor do gol uruguaio na derrota por 2 a 1, no clássico válido pelas semifinais da Copa das Confederações.

"O pênalti deu um pouco de moral ao Brasil, porque, até aquele momento, estávamos muito melhor e atacando mais. São coisas do futebol", afirmou Cavani, um dos principais jogadores da seleção uruguaia, que defende o Napoli e é pretendido por grandes clubes da Europa, como Real Madrid e Manchester City.

"Foi uma pena (perder a semifinal), por tudo o que fizemos em campo. Dominamos grande parte do jogo, mas não conseguimos", lamentou Cavani. Apesar da decepção pela derrota, ele já avisou que o Uruguai vai lutar agora para conseguir o terceiro lugar da Copa das Confederações, domingo, em Salvador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.