Andreas Gebert/EFE
Andreas Gebert/EFE

Com pênalti polêmico, Bayern vira para cima do Augsburg no Alemão

Brasileiro Douglas Costa volta a ser decisivo ao sofrer penalidade

Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2015 | 12h56

Estrela do Bayern de Munique neste início de temporada, Douglas Costa voltou a ser decisivo para garantir uma vitória à equipe do técnico Pep Guardiola no Campeonato Alemão. Neste sábado, ele sofreu um pênalti bastante contestável aos 42 minutos do segundo tempo, convertido por Müller, e responsável pela virada sobre o Augsburg, por 2 a 1, na Allianz Arena.

Esswein abriu o placar em Munique, ainda no primeiro tempo, aos 43 minutos, numa bomba no ângulo de Manuel Neuer. O Bayern, que era muito melhor e jogava no ataque, só conseguiu empatar quando faltavam 13 minutos para o fim do jogo. Lewandowski marcou no rebote do goleiro.

O polonês comemorou rapidamente, porque o Bayern queria jogo para tentar virar. Aos 42, Douglas Costa invadiu a área pela direita e bateu de frente com um zagueiro, que estava parado. Com boa vontade, o árbitro poderia ter visto uma obstrução. Mas ele optou por marcar pênalti, que Müller converteu.

O Bayern, entretanto, segue em segundo, apesar da campanha perfeita, de quatro vitórias em quatro jogos. Isso porque o Borussia Dortmund também venceu, de virada, fazendo 4 a 2 no Hannover, e chegou ao quarto triunfo. O time amarelo tem melhor saldo de gols: 12 a 10.

Jogando em casa, o Hannover abriu o placar aos 18 minutos, com Sobiech. Mas o lateral brasileiro Felipe, ex-Coritiba, estava disposto a ajudar o Borussia. Primeiro ele fez pênalti que Aubameyang converteu para empatar. Mkhitaryan virou para o time de Dortmund, no último minuto do primeiro tempo, e Sobiech fez 2 a 2.

Aos 17 do segundo tempo, Felipe marcou contra e colocou o rival na frente. Para completar a partida para esquecer, o brasileiro ainda fez mais um pênalti, mais uma vez convertido por Aubameyang.

OUTROS JOGOS

Dois dos concorrentes ao título tropeçaram na rodada. O Wolfsburg, vice-campeão no ano passado, contou com Naldo, Dante e Luiz Gustavo para ficar no empate sem gols com o Ingolstadt, fora de casa. Com oito pontos, a equipe é terceira colocada.

Já o Bayer Leverkusen, do lateral Wendell, deu vexame em casa na estreia de Chicharito Hernández e perdeu do Darmstadt 98, por 1 a 0, gol do turco Sulu. Já são duas derrotas seguidas do Bayer, que tem seis pontos e na quarta-feira estreia na Liga dos Campeões contra o BATE Borisov, da Bielo-Rússia.

Ainda sem vencer, o Stuttgart conheceu sua quarta derrota na competição. Fora de casa, levou 2 a 1 do Hertha Berlin. Haraguchi abriu o placar, Sunjic empatou e Lustenberger definiu a vitória do time da capital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.