Peñarol vence Católica e abre vantagem na Libertadores

Algoz do Internacional, o Peñarol deu um grande passo rumo às semifinais da Copa Libertadores na noite desta quarta-feira, ao vencer o Universidad Católica por 2 a 0, em Montevidéu, no jogo de ida das quartas de final. O time chileno foi o responsável pela eliminação do Grêmio nas oitavas.

AE, Agência Estado

11 de maio de 2011 | 23h02

Empurrado pela torcida, no Estádio Centenário, o Peñarol contou com a ajuda do goleiro rival para abrir a vantagem no confronto, que será decidido na próxima quinta, em Santiago. Os dois gols da partida foram resultado de falhas do goleiro Garcês.

No primeiro, ele soltou a bola, ao tentar encaixar uma defesa, e viu Olivera aproveitar a chance de abrir o placar, aos 38 minutos. O segundo erro veio nos instantes finais do duelo. O goleiro voltou a deixar a bola escapar e Martinuccio mandou para as redes, nos acréscimos.

Depois de eliminar o atual campeão Inter, o Peñarol poderá perder por 1 a 0 no jogo da volta, no Chile, para ficar com a vaga na semifinal. Já o Universidad precisa vencer por três gols de diferença ou repetir o placar da ida para levar o duelo para os pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.