Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Pensando na próxima fase, Adilson Batista testa Vasco com três atacantes

Equipe ainda pode ultrapassar o Fluminense e terminar a primeira fase em 2.º

Agência Estado

20 de março de 2014 | 19h52

RIO - Dois pontos atrás do Fluminense, o Vasco ainda tem chances de terminar a primeira fase do Campeonato Carioca na segunda colocação, o que lhe daria vantagem nas semifinais. Mas o técnico Adilson Batista parece já estar com a cabeça nos confrontos eliminatórios. No treino desta quinta-feira ele encaminhou o time para enfrentar o Duque de Caxias sem dois jogadores pendurados.

Correndo o risco de ficar de fora das semifinais por já terem dois cartões amarelos, o volante Guiñazu e o meia Pedro Ken foram escalados entre os reservas no trabalho tático comandado pelo treinador, que colocou Reginaldo e Fellipe Bastos em seus lugares. Com isso, o Vasco abre mão de um jogador no meio-campo e deverá atuar com três atacantes na partida do próximo domingo.

Além dos titulares, também estão pendurados Bernardo, Montoya e Thalles. Os três dificilmente serão utilizados no domingo. Já o goleiro Martín Silva retornou do Uruguai e treinou em separado. Ele estará em campo no domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascotreinoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.