Quique Curbelo/EFE
Quique Curbelo/EFE

Penúltimo no Espanhol, Las Palmas demite segundo técnico da temporada

Clube anuncia saída de Pako Ayestaran depois de derrota para o La Coruña e encerra trabalho de somente dois meses

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2017 | 17h58

Desesperado no Campeonato Espanhol e correndo sérios riscos de rebaixamento, o Las Palmas apelou para a troca de treinador mais uma vez. Nesta quinta-feira, o clube anunciou a demissão do técnico Pako Ayestaran, apenas dois meses depois de sua contratação.

+ Villas Boas vai participar do Rally Dakar

+ Após julgamento, Guerrero aposta em absolvição

Ayestaran foi dispensado depois da derrota por 3 a 2 para o Deportivo La Coruña, em casa, na última quarta, pela Copa do Rei. O curioso é que a demissão veio depois de um resultado que acabou sendo positivo, já que o Las Palmas havia vencido por 4 a 1 na ida, nos domínios do adversário, e se classificou às oitavas de final.

Manolo Márquez começou a temporada no comando do Las Palmas, mas não resistiu aos maus resultados e acabou dispensado em setembro. Ayestaran foi contratado, só que também não conseguiu encerrar a má fase da equipe e também foi demitido. Agora, Paquito Ortiz, que já trabalhava no clube, assumirá interinamente.

O Las Palmas é somente o penúltimo colocado do Campeonato Espanhol, com sete pontos em 13 partidas. Já são nove rodadas seguidas sem vitória na competição, sendo oito derrotas e apenas um empate. O próximo compromisso será neste domingo, em casa, diante do Betis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.