Pepe recebe alta após internação, mas é dúvida no Real

Depois de passar a última noite em observação, o zagueiro Pepe deixou nesta segunda-feira o hospital em que foi internado no último domingo, horas após ter se chocado com o goleiro Casillas, seu companheiro de Real Madrid, durante o empate por 1 a 1 com o Valencia, em casa, no jogo de estreia da equipe neste Campeonato Espanhol.

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2012 | 11h50

O jogador brasileiro naturalizado português sentiu-se mal depois de sofrer o choque, reclamando de tonturas e até mostrando dificuldade para se manter em pé. Exames iniciais mostraram que não houve qualquer tipo de lesão cerebral, mas depois os médicos do Real Madrid informaram que ele teve um traumatismo crânio-encefálico.

Nesta segunda-feira, o clube garantiu que o atleta está "muito bem" e que pôde receber alta do hospital "sem nenhum problema", mas ele passou a virar dúvida do técnico José Mourinho para esta quinta-feira, quando o Real enfrentará o Barcelona no Estádio Camp Nou, no confronto de ida da final da Supercopa da Espanha - o duelo de volta está marcado para o dia 29, no Santiago Bernabéu.

No último domingo, o lance envolvendo Pepe aconteceu aos 42 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de falta que resultou no gol do brasileiro Jonas para o Valencia, Pepe se chocou com Casillas e os dois ficaram um longo período deitados no gramado por causa da trombada. O goleiro ainda seguiu na partida, mas o defensor precisou ser substituído por Albiol no intervalo do duelo.

Pepe seguirá em repouso em sua casa nas próximas horas e será reavaliado nesta terça-feira, quando os médicos do Real poderão ter uma melhor noção da condição do atleta visando o duelo da próxima quinta, em Barcelona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.