Pepsi deixa de patrocinar David Beckham

Apesar de sua recente transferência por empréstimo para o Milan, parece que atração comercial de David Beckham pode estar se evaporando com o encerramento do contrato de patrocínio por dez anos da Pepsi. "O legado de David [Beckham] no futebol continuará e todos na Pepsi seguiremos apaixonados com seu sucesso como foi nos últimos dez anos", disse a empresa. "Desejamos êxito nos projetos que tem e esperamos voltar a ser parceiros em algum momento". O meio-campista de 33 anos defenderá o Milan nos próximos meses, cedido pelo Los Angeles Galaxy. Beckham ainda tem contratos comerciais lucrativos com Adidas e Armani. "Só tenho boas recordações de minha associação com Pepsi", afirmou. "Fui um gladiador, um vaqueiro, um surfista, trabalhei com Beyoncé e Jennifer López, além de vários dos melhores jogadores do mundo", recordou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.