Perante 43 pagantes, Ituano vence o Botafogo por 3 a 1

MOGI MIRIM - De nada adiantaram as diversas chances criadas pelo Botafogo neste domingo, contra o Ituano, pela décima rodada do Paulista. O time de Itu, jogando em ''casa'', em Mogi Mirim, foi mais eficiente e venceu por 3 a 1.

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2011 | 20h51

A partida marcou a estreia do técnico Ruy Scarpino no comando do time de Itu, em substituição a Sérgio Ramirez. O jogo foi realizado em Mogi Mirim porque o Novelli Júnior, casa do Ituano, passa por reformas. Apenas 43 torcedores pagaram ingresso, no menor público e também menor renda da competição: R$ 660.

A eficiência fez o Ituano chegar aos 11 pontos e deixar a zona de rebaixamento, subindo para o 14.º lugar. O time de Ribeirão Preto segue com dez e caiu para a 15.ª colocação, vendo a zona de rebaixamento cada vez mais perto. A diferença para o Noroeste, primeiro entre os quatro piores, é de apenas um ponto.

O Botafogo foi melhor durante todo o primeiro tempo, mas esbarrou nas grandes defesas de Marcelo Bonan. O Ituano aproveitou as duas únicas chances que teve para ficar na frente do placar.

Aos 11 minutos, Malaquias foi derrubado por Marcinho dentro da área. O lateral Éder Sciola bateu o pênalti com categoria e fez o primeiro. Aproveitando rebote de Júlio Cesar, o volante Jonata Escobar acertou um lindo chute no ângulo e fez o segundo, aos 28 minutos.

Assim como no primeiro tempo, o Botafogo começou melhor e chegou a acertar a trave de Marcelo Bonan, após cobrança de escanteio de Marcinho, mas quem balançou as redes foi o Ituano. Aos 24 minutos, Oliveira escapou com velocidade e cruzou para Jefferson, que estava com o gol aberto e apenas completou.

O gol de honra do Botafogo aconteceu na sequência. O zagueiro Gabriel cruzou para dentro da área e Anselmo completou de cabeça.

ITUANO - 3 - Marcelo Bonan; Éder Sciola, Jackson, Max Ferraz e Leomir; Jonata Escobar, Adoniran, Junior Urso e Jefferson; Leandrinho (Daniel) e Malaquias (Oliveira). Técnico: Ruy Scarpino.

BOTAFOGO-SP - 1 - Júlio César; Augusto, Fernando Miguel e Gabriel; Marcinho (João Henrique), Chicão (Moacir), João Victor, Pablo Escobar (Assis) e Andrezinho; Anselmo e Assisinho. Técnico: Fernando Diniz.

Gols - Éder Sciola, aos 11, e Jonata Escobar, aos 28 minutos do primeiro tempo; Jefferson, aos 24, e Anselmo, aos 33 minutos do segundo tempo; Árbitro - Luiz Vanderlei Martinucho; Cartões amarelos - Marcinho, Éder Sciola, Malaquias; Renda - R$ 660; Público - 43 pagantes; Local - Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP).

Veja também:

PAULISTÃO - tabelaClassificação | listaResultados

especialCALENDÁRIO - O caminho de cada time

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.