Divulgação/ Guarani FC
Divulgação/ Guarani FC

Perda da invencibilidade não desanima Felipe Conceição no Guarani

Próximo compromisso da equipe de Campinas é diante do CSA, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2020 | 15h57

Felipe Conceição perdeu a invencibilidade no comando do Guarani com a derrota para o Juventude, por 1 a 0, em Caxias do Sul, na noite do último domingo. Mas se engana quem pensa que o treinador ficou abalado.

A atuação bugrina diante de um time que está no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro - foram duas bolas no travessão e várias chances perdidas - deixou Felipe Conceição bastante otimista em relação ao futuro do clube.

"Tivemos 61% de posse, parecido com o jogo do Vitória, mas várias chances de gol, bola na trave. Então a equipe está de parabéns. Isso é o futebol. Tem dia que, mesmo jogando bem, vai perder. Não tenho dúvidas de que jogando assim vamos mais ganhar do que perder", afirmou o treinador.

O Guarani encerra o primeiro turno fora da zona de rebaixamento graças à recuperação desde a chegada de Felipe Conceição, que, antes da derrota para o Juventude, tinha três vitórias e um empate.

Com 21 pontos, o time está em 13º lugar, mas pode perder uma posição nesta segunda-feira se o Figueirense ganhar da Ponte Preta, em Campinas, no encerramento da última rodada do primeiro turno da Série B. Na sexta-feira, o Guarani busca a reabilitação contra o CSA, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.