Karim Sahib/AFP
Karim Sahib/AFP

'Perder de 1 a 0 para o Real não é para qualquer time', diz Luan após final

Atacante vê mérito em derrota pelo placar mínimo para time merengue na final do Mundial de Clubes

O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2017 | 07h00

Principal esperança de gols do Grêmio na final diante do Real Madrid, Luan decepcionou com uma atuação muito ruim no último sábado, em Abu Dhabi, onde o time espanhol venceu por 1 a 0 e conquistou o sexto título mundial de sua história.

+ Renato elogia Real e exalta Grêmio: "Sai de cabeça erguida'

O atacante esteve apagado durante quase toda a partida e foi mal nas jogadas que tentou fazer. Depois do duelo, porém, o gremista exibiu um discurso conformado ao exaltar o poderio do Real, que dominou amplamente o confronto e conquistou a competição organizada pela Fifa pelo segundo ano consecutivo.

"A gente sabe que é a melhor equipe do mundo. Tentamos correr ali, pelo menos brigamos, mas sabemos que a qualidade deles é melhor do que a nossa. Infelizmente não deu, mas a gente sai de cabeça erguida pelo ano que fez, e perder de 1 a 0 para eles não é qualquer time", ressaltou Luan, em entrevista coletiva.

Em seguida, o jogador lembrou que o Grêmio precisa valorizar os feitos que conquistou em 2017, no qual se sagrou tricampeão da Copa Libertadores, torneio que o time não ganhava desde 1995. Para completar, ele reconheceu que o desgaste físico também contribuiu para o seu desempenho ruim contra o Real.

"A equipe está de parabéns pelo ano. Estava um pouco cansado neste final de temporada, mas faz parte. Tenho a certeza de que todos saem daqui de cabeça erguida", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.