Perea não treina, mas deve ser titular no Gre-Nal

O atacante Perea, favorito para ficar com a posição do suspenso Maxi López no Gre-Nal de domingo, não participou do treino desta quarta-feira junto com o elenco do Grêmio. Poupado, ele permaneceu no vestiário fazendo reforço muscular. A ausência, porém, não significa que o colombiano perderá espaço na concorrência com o argentino Herrera pela vaga no ataque.

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2009 | 22h08

"Fiz um trabalho na musculação, de reforço, e terminei ficando no vestiário por isso", explicou Perea. Mas o atacante não quis opinar sobre as chances de começar jogando. "Claro que fiz uma boa partida contra o Coritiba, mas tem companheiros que vinham jogando, caso do Herrera. Acho que o trabalho da semana vai determinar se terei um lugar entre os titulares", comentou.

Para Perea, que pode ser escalado pelo técnico Paulo Autuori como único atacante, o fato de jogar isolado na frente não será um problema. "Essa posição já fiz muitas vezes, quando jogava na Colômbia, na França. Aqui no Grêmio na época do Celso (Roth)", lembrou o jogador. "Acho que se joga com um só atacante, tem que ter muita mobilidade", concluiu Perea.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.