Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Peres ataca compra de votos por seu impeachment no Santos: 'Não é surpresa'

Vídeo divulgado nesta quarta-feira exibe agente pagando sócio para votar contra o atual presidente

Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2018 | 20h06

Horas depois da divulgação de um vídeo que comprovava a compra de votos a favor do impeachment de José Carlos Peres no Santos, o presidente do clube se manifestou nesta quarta-feira sobre o caso. Em nota oficial, o dirigente atacou o esquema e garantiu que "não é uma surpresa".

"É revoltante como eles tratam o clube sem nenhum respeito pelo torcedor. Mas não é surpresa este tipo de procedimento. Estamos faz tempo denunciando e alertando o conjunto de forças que estão mobilizadas pelo impeachment desde o início utilizando todo tipo de fraude, intimidação e compra de votos para tomarem o poder", apontou.

O empresário de jogadores Henrique Oliveira foi flagrado, em um vídeo revelado nesta quarta-feira pelo site globoesporte.com, oferecendo dinheiro a um sócio do Santos para que o mesmo pudesse votar a favor do impeachment de Peres, em uma votação que ocorrerá neste sábado.

O vídeo, gravado pelo próprio sócio com uma pequena câmera escondida na última sexta-feira, mostra o autor da gravação recebendo R$ 250 em dinheiro do empresário. O valor em seguida foi usado pelo sócio, inadimplente com o Santos, para pagar R$ 243 que ele estava devendo ao clube e, assim, ficar apto para poder participar da votação deste final de semana.

Na gravação, o empresário pede que o sócio lhe traga a nota fiscal, com a comprovação do pagamento, e promete camisas do Santos e ingressos de camarote supostamente em troca do voto favorável ao impeachment de José Carlos Peres. Essa promessa ocorreu depois que o associado filmou a sua própria ida até a tesouraria da Vila Belmiro para quitar a sua dívida com o clube.

"Essa é a guerra que enfrentamos. De um lado, a luta para entregar o Santos para seu torcedor, com ingressos baratos, dívidas pagas, patrocínios e profissionalização. De outro, empresários sem a generosa teta que alimentou um seleto grupo de agentes", considerou. "Votem no sábado, venham até a Vila Belmiro dizer para quem você quer entregar o Santos."

A revelação deste vídeo ocorreu depois de a diretoria do Santos ter anunciado, na última sexta-feira, que realizou uma denúncia à Polícia Civil apontando supostas fraudes envolvendo sócios do clube. De acordo com nota oficial divulgada pela atual gestão santista, "mais de 500 nomes" estão em condição suspeitas e teriam direito a voto.

"Torcedor santista, isso é só mais uma prova do que digo há tempos. Apesar de ser um processo político, o impeachment é movido, financiado e abastecido por interesses econômicos, que lesaram o clube em milhões nos últimos anos e que enfim foram encerrados nesta gestão", garantiu Peres.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.