José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Perguntas sobre 'entrega de jogo' irritam Argel na Lusa

Time paulista encara o Rio Claro na última rodada do Paulistão

Agência Estado

19 de março de 2014 | 19h33

SÃO PAULO - Atuando no Campeonato Paulista sem pretensões, já que não corre risco de rebaixamento e não tem chances de classificação à próxima fase, a Portuguesa entrou em campo na última quarta-feira para cumprir tabela contra o Oeste e foi derrotado, por 1 a 0. O resultado foi muito bom para o time de Itápolis, que luta contra o descenso, e por isso gerou a suspeita de que a Portuguesa teria entregado o jogo.

Irritado com as perguntas sobre o tema, o técnico Argel Fucks não poupou críticas às suspeitas levantadas pelos jornalistas. Na visão do técnico, a justificativa para o fracasso de seu time na partida não pode tomar esse rumo. "Quem quer justificar o seu fracasso com outro time, para mim é incompetente. Essa é a verdade", disparou o treinador. "Cada um que cuide do seu, nós fizemos o nosso trabalho. Não viemos aqui com um time misto, pelo contrário, viemos com o que tínhamos de melhor", completou.

O treinador saiu bastante irritado com as perguntas e tentou justificar a derrota de outra forma. Segundo ele, o time entrou para dar o melhor, mas não teve a mesma aplicação tática de outras partidas. "Quando você não consegue atingir o objetivo, não é culpa dos outros, mas sua. A Portuguesa entrou para vencer, mas não foi bem taticamente e saiu derrotada", finalizou.

Para encerrar a sua participação no Campeonato Paulista, a Portuguesa volta a campo no próximo domingo, às 16 horas, no Canindé, para encarar o Rio Claro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.