Arquivo/AE
Arquivo/AE

Permanência de Tévez no Manchester United continua incerta

Técnico Alex Ferguson garante que já foi feita uma proposta para renovar o contrato do argentino; MSI nega

EFE,

14 de maio de 2009 | 14h19

A negociação para manter o atacante argentino Carlos Tévez no elenco do Manchester United para a próxima temporada segue bastante conturbada, com informações desencontradas.

 

O técnico escocês Alex Ferguson garante que já foi feita uma proposta para prorrogar o empréstimo, enquanto o iraniano Kia Joorabchian, hoje empresário de Tévez, nega a informação. Sua empresa, a Media Sports Investments (MSI), já foi parceira do Corinthians.

 

Kia confirmou um encontro com o executivo-chefe do clube, David Gill, mas disse que era "categoricamente incerto" que o United tenha levado uma proposta.

 

Tévez marcou um dos gols na vitória de 2 a 1 de ontem sobre o Wigan, que deixa o clube a apenas um ponto do tricampeonato inglês. O jogador saiu do banco.

 

O argentino disse recentemente que deixaria o clube por não ter muitas chances de jogar, além de não ter recebido nenhuma proposta.

 

"Tévez sabe que quero que fique. Conversamos hoje e David Gill já se reuniu com ele. Fizemos uma oferta e espero que ele a aceite. O problema é que não estamos negociando com um clube de futebol", explicou Ferguson, em referência ao fato de o argentino pertencer à MSI.

 

Segundo o iraniano, o Manchester United não fez uso da opção de compra após os dois anos de contrato de empréstimo do atacante, como tinha sido acordado entre as partes ainda em 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.