Divulgação/Criciúma<br>
Divulgação/Criciúma

Perto da degola, Criciúma dispensa treinador e 13 jogadores

Toninho Cecílio não comandará mais a equipe neste fim de temporada; veterano, Paulo Baier faz parte da lista de dispensas

Denise Bonfim, O Estado de S. Paulo

20 de novembro de 2014 | 18h36

O Criciúma anunciou no início da tarde desta quinta a antecipação da dispensa para alguns jogadores que encerram seus contratos no mês de dezembro. Em entrevista coletiva, Raimundo Queiroz, executivo de futebol do clube, explicou os motivos da decisão tomada pela diretoria após a derrota para o Bahia em casa.

"O Claudinho [Claudio Gomes, ex-diretor de futebol] está afastado do departamento de futebol. De acordo com o que ele mesmo me passou. Depois nós, da diretoria, tomamos uma decisão de mudança e mexemos na comissão técnica. Nós afastamos o Toninho e o auxiliar técnico [Paulo César]. Liberamos também um grupo de atletas que não vão participar mais dos próximos três jogos", comunicou.

Gallatto, Luis Felipe, Gualberto, Eli Sabiá, Cortez, Martinez, Rodrigo Souza, Serginho, Rafael Costa, Igor, Paulo Baier, Souza (atacante) e Roger Gaúcho terminam seus contratos entre 15 e 31 de dezembro e não viajam com o grupo nas últimas três partidas do Brasileirão.

Virtualmente rebaixado no campeonato, o clube amarga a última colocação na tabela, com apenas 30 pontos, e deve aproveitar a estrutura da base para os compromissos contra Flamengo, Sport e Corinthians."O Luizinho [Luiz Vieira], treinador do juniores, com a sua comissão técnica vai assumir. Quero deixar bem claro que é uma decisão a nível de diretoria, ela não é isolada e não foi pressão, foi por realmente algo que vai fazer parte do nosso planejamento", completou. O time terá que contar com as pecas do elenco de base para terminar o campeonato.

O dirigente evitou fazer projeções para o próximo ano. "A partir do final do campeonato será feita uma nova avaliação. O novo comandante para o ano que vem, somente depois do campeonato. Aí a gente vai ver o que vai ser feito. Os assuntos do futuro eu só falo no futuro. Não quero falar sobre esse assunto agora porque não temos uma opinião formada sobre isso ainda, nós temos que resolver cada acontecimento de uma vez."

PAULO BAIER

Em entrevista ao Estado em outubro, Paulo Baier afirmava que pretendia estender sua carreira por mais um ano. Agora, parte da lista de dispensas do Criciúma, o meia deve repensar a decisão. Queiroz também falou a respeito da conversa com o veterano. `Normal, como todos os outros. O Paulo é um jogador que ganha muito e talvez fuja das nossas condições futuras na Série B`. Procurado, Paulo Baier respondeu gentilmente ao contato do Estado, mas por questões contratuais preferiu não comentar o assunto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.