Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Cesar Manso/AFP
Cesar Manso/AFP

Perto da despedida de Xavi, Iniesta exalta parceria no Barcelona

Os dois jogadores levantaram 22 troféus no clube espanhol

Estadão Conteúdo

19 de maio de 2015 | 11h45

Uma "era" no meio-campo do Barcelona está perto de ser encerrada. Xavi Hernández anunciará na quinta-feira sua saída após 24 anos de trajetória no time catalão, incluindo sua passagem pela base. E, em boa parte deste período, o meio-campista formou grande parceria com Andrés Iniesta. Juntos, os dois jogadores levantaram 22 troféus no clube espanhol.

Às vésperas do anúncio oficial de Xavi, Iniesta exaltou o sucesso da dupla no Barcelona. "Não consigo encontrar um elogio à altura para afirmar o que ele representa como pessoa e jogador. É único e insubstituível, fundamental em todo o bom momento que viveu no clube e na seleção", disse o meia, nesta terça-feira.

Com Xavi ao seu lado, Iniesta conquistou títulos importantes que marcaram a história recente do Barcelona, como os três troféus da Liga dos Campeões, os dois do Mundial de Clubes, e os sete do Campeonato Espanhol - Xavi tem um a mais, por ter chegado antes ao clube. Quatro anos separam os dois meio-campistas.

"Para mim, foi um verdadeiro prazer e um orgulho ter jogado ao lado dele durante toda a minha carreira", exaltou Iniesta, de 31 anos, que faturou ainda três títulos com o companheiro na seleção espanhola - a Copa do Mundo de 2010 e as duas Eurocopas, de 2008 e 2012. Xavi, de 35, vai deixar o clube catalão para jogar no futebol árabe.

FUTURO

A propósito da saída de Xavi, Iniesta foi questionado nesta terça também sobre seu futuro. E pela primeira vez disse que cogita se tornar técnico quando abandonar as chuteiras.

"Faz três ou quatro anos que não pensava no meu futuro. Hoje, já vamos avançando no tempo, e esta possibilidade é uma opção que gosto cada vez mais. Mas, no momento, quero apenas aproveitar o momento", declarou Iniesta, que estuda educação física para estar preparado para assumir novas funções no futebol futuramente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.