Perto da queda, Granada troca de técnico e contrata ex-capitão do Arsenal

Tony Adams assume seu primeiro time desde 2011

Estadao Conteudo

10 de abril de 2017 | 11h26

Perto do rebaixamento no Campeonato Espanhol, o Granada anunciou nesta segunda-feira a troca no comando da sua comissão técnica. O time demitiu Lucas Alcaraz e contratou Tony Adams, ex-capitão do Arsenal e da seleção inglesa nas décadas de 80 e 90.

Adams, de 50 anos, não treina uma equipe desde 2011, quando comandou um time do Azerbaijão. Atualmente ele trabalha para a agência de marketing esportivo DDMC, que pertence ao proprietário chinês do Granada.

Ele vai substituir Lucas Alcaraz, demitido após a derrota por 3 a 1 para o Valencia, no domingo. Ao fim da partida, o então treinador do time afirmou que sua equipe "não estava à altura dos padrões da cidade, do campeonato e dos seus fãs". Nesta manhã, sua demissão foi oficializada.

Com a derrota, o Granada segue com 20 pontos, na penúltima colocação da tabela, à frente somente do Osasuna, que tem 17. O Granada está sete pontos atrás do Leganés, primeiro time fora da zona do rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
GranadaCampeonato Espanhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.