Perto da vaga, Oswaldo pede 'personalidade' ao Botafogo

Único dos grandes cariocas de folga no meio de semana, o Botafogo continua focado na rodada decisiva de sábado do Campeonato Carioca, a última da fase de grupos da Taça Guanabara, que vai definir os classificados para as semifinais. O clube precisa somente de um empate contra o Macaé para garantir vaga, mas o técnico Oswaldo de Oliveira pediu nesta quarta-feira "ainda mais personalidade" ao time.

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2012 | 19h07

"Temos de procurar fazer o que fizemos nas últimas partidas", disse o treinador. Após três empates seguidos e o início de cobranças por parte da torcida, o Botafogo venceu as duas últimas partidas, ambas por goleada: 5 a 0 e 4 a 1. Embora se classifique com o empate, o técnico quer a vitória para garantir o primeiro lugar do grupo A, mesmo do Flamengo. "Dependemos só de nós mesmos", afirmou Oliveira.

Focado do duelo da rodada final, o treinador não aliviou no treino desta quarta. Nem os jogadores pendurados ganharam descanso. Felipe Menezes foi mantido na vaga de Andrezinho, que ainda se recupera de lesão. Desfalque na última rodada, o meia ainda tem chances de voltar ao time diante do Macaé.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoOswaldo de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.