Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Perto de anunciar Messi, PSG recebe permissão para ter público total no sábado

Equipe francesa recebe o Strasbourg no primeiro jogo em casa na temporada e pode ter quase 50 mil pessoas no Parque dos Príncipes

Redação, Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2021 | 12h34

Forte candidato a se tornar o novo clube de Lionel Messi, o Paris Saint-Germain recebeu uma boa notícia nesta segunda-feira. O clube francês poderá contar com lotação máxima no Parque dos Príncipes em seu primeiro jogo em casa nesta nova temporada europeia, no sábado, contra o Strasbourg, já pela segunda rodada do Campeonato Francês.

De acordo com o PSG, a prefeitura de Paris liberou a utilização da capacidade total, o que pode chegar a 49.700 torcedores no estádio no fim de semana. No entanto, o clube precisará tomar diversas medidas para evitar contaminações por covid-19.

O torcedor que quiser comparecer ao jogo terá que apresentar comprovante de vacinação ou prova de que já teve covid-19 e não está mais em período de contaminação. Ou ainda um teste negativo do tipo PCR ou de antígeno realizado nas 48 horas antes do início da partida.

O comprovante de vacinação é o chamado passaporte do vírus, que é parte do plano do governo para estimular as pessoas a tomar o imunizante para reduzir o quanto antes a contaminação na França. De acordo com dados do governo, pouco mais de 36 milhões de pessoas já foram totalmente vacinadas no país (duas doses ou dose única quando for o caso), cerca de 54% do total da população.

O jogo deste sábado poderá ter importância adicional para o PSG e os torcedores porque pode ser a data de anúncio da contratação de Messi. Há até a possibilidade de o atacante argentino ser apresentado às arquibancadas lotadas neste dia.

O time da capital francesa fez sua estreia no Francês no último sábado, quando obteve uma virada sobre o Troyes por 2 a 1, fora de casa. O PSG não contou com Neymar, Marquinhos e seus principais contratados na última janela de transferências.

Tudo o que sabemos sobre:
MessiParis Saint-Germainfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.