Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Perto de sair do clube, Bernard quer fazer história no Atlético-MG

Assediado por vários clubes europeus, atacante garante que só pensa na final da Libertadores

AE, Agência Estado

23 de julho de 2013 | 09h21

BELO HORIZONTE - A partida desta quarta-feira entre Atlético Mineiro e Olimpia, no Mineirão, decidirá o campeão da Copa Libertadores e também pode ser a última de Bernard pelo clube de Belo Horizonte. O meia-atacante interessa a diversos clubes estrangeiros, incluindo o Arsenal, mas garante que só pensa na finalíssima e quer fazer história no clube, o ajudar a conquistar o seu mais importante título, antes de definir o seu futuro.

"É como se fosse o último da minha carreira. Quero dar tudo que posso, dar além de 100% porque vai precisar. Então, vou dar o meu máximo, o que eu posso e até o que eu não posso, se é por mim, se é por meus companheiros. Quero fazer história, tenho uma oportunidade grande agora, quero correr atrás disso e depende única e exclusivamente da gente. Estamos cientes disso, vamos poder correr atrás e temos uma oportunidade grande", disse.

Motivado para um jogo tão importante, Bernard conta com o apoio do torcedor do Atlético-MG para ajudar o time a faturar o título da Libertadores. E ele garantiu que os jogadores não vão deixar de acreditar e lutar mesmo que sofram um gol do Olimpia, que entra na decisão com a vantagem após ter vencido o primeiro jogo da decisão, no Paraguai, por 2 a 0.

"A torcida vai ser o nosso 12º jogador. É um jogo importante, mais de 60 mil, e essa ajuda vai ser muito grande. Caso a gente faça o primeiro gol, vai fazer com que a gente possa tirar força de onde não tem, vai ser um jogador a mais para a gente. Então, fico feliz com essa mobilização da torcida. Que ela possa comparecer em peso e nos ajudar durante os 90 minutos", destacou Bernard.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.