Perto do retorno ao Atlético-PR, Claiton prega calma

Apresentado pelo Atlético-PR no final de julho do ano passado, o volante Claiton enfim está perto de voltar a vestir a camisa do clube em um jogo oficial. Há oito meses se recuperando de uma séria lesão no tendão de Aquiles, que o levou a ser operado, o jogador já vem realizando algumas atividades junto com o grupo atleticano, mas tenta se manter calmo sobre o retorno.

AE, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 19h35

"É uma felicidade muito grande treinar com todo mundo. Mas temos que ter calma", disse Claiton nesta quarta-feira. "Esses primeiros trabalhos estão sendo bem melhor que o esperado. Agora tenho que ganhar força, ganhar ritmo, perder um pouco o medo de algumas coisas para estar à disposição do (técnico) Leandro (Niehues) o quanto antes."

Atualmente com 32 anos, Claiton teve confirmada a sua contratação em 2009 após uma longa negociação. Vindo do Japão, ele chegava para a sua segunda passagem pelo Atlético, depois de ter atuado pelo clube em 2007. Agora, porém, ele não quer marcar uma data para a sua reestreia. "Não gosto de trabalhar com previsão. Eu vou voltar quando estiver bem", afirmou.

Experiente, o volante sabe que pode ser importante para que o Atlético realize uma boa campanha no Campeonato Brasileiro. "Tenho consciência da minha importância dentro do grupo. Por isso quero me recuperar o mais rápido possível. Sei das dificuldades que o clube teve no primeiro semestre. Sei da minha responsabilidade."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.