Peru vence Paraguai, desencanta e garante Brasil em 4º nas Eliminatórias da Copa

Com um gol de Farfán marcado aos 19 minutos do primeiro tempo, o Peru venceu o Paraguai por 1 a 0, em jogo encerrado na madrugada deste sábado (no horário de Brasília), em Lima (PER), e somou os seus três primeiros pontos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Estadão Conteúdo

14 de novembro de 2015 | 10h21

Os peruanos vinham de duas derrotas em dois jogos e agora finalmente puderam comemorar um resultado positivo que deixou o time nacional rigorosamente empatado com a Bolívia na sétima posição do qualificatório para o Mundial.

E o resultado acabou sendo bom para o Brasil, que horas mais cedo empatou por 1 a 1 com a Argentina, em Buenos Aires, e chegou aos quatro pontos, mesma pontuação do Paraguai, agora quinto colocado. Com saldo zero de gols, os brasileiros se garantiram na quarta posição pelo maior número de gols marcados (quatro, contra apenas um dos paraguaios).

A vitória sobre o Paraguai, por sinal, fez o Peru também ficar à frente da Argentina, vice-lanterna das Eliminatórias, com apenas dois pontos. Os argentinos só são melhores até agora do que a Venezuela, que ainda não somou pontos após acumular três derrotas em três jogos.

O gol da vitória peruana sobre os paraguaios teve participação de Paolo Guerrero, do Flamengo, que deu o passe para Farfán marcar. O triunfo em casa foi um alívio para a equipe que vinha de derrotas para Colômbia (2 a 0) e Chile (4 a 3).

Após ajudar o Brasil com a vitória, o Peru será justamente o próximo adversário da seleção comandada por Dunga, terça-feira, às 22 horas, em Salvador, pela quarta rodada das Eliminatórias. No mesmo dia, o Paraguai receberá a Bolívia, em Assunção, às 21h.

Os outros três jogos da quarta rodada das Eliminatórias também serão nesta terça. Pressionada, a Argentina tentará encerrar seu jejum de vitórias diante da Colômbia, fora de casa, enquanto a Venezuela atuará em seus domínios diante do líder Equador, único país com 100% de aproveitamento até aqui no qualificatório. Já o Uruguai, terceiro colocado, enfrentará o vice-líder Chile, em Montevidéu, com chance de ultrapassar o adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.