Pesquisa de consultoria revela pessimismo para Copa

Uma pesquisa feita trimestralmente pela Trevisan Gestão do Esporte, empresa de ensino e consultoria, apontou um certo pessimismo com a realização e a organização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. Chamada de "Termômetro Copa 2014", a avaliação é feita por profissionais ligados aos negócios do esporte, contando com a participação de cerca de mil especialistas.

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2013 | 16h48

Nesta terceira edição da pesquisa, foi detectada uma queda na percepção geral dos especialistas. A média das notas de 1 a 5 nas duas versões anteriores tinha sido 2,2. Agora, caiu para 2,1. Entre os sete itens avaliados, o único que obteve um nível aceitável foi estádios, que recebeu nota 3. Os demais ficaram abaixo da metade na escala de valores e foram reprovados.

A média das notas dos outros itens avaliados foi a seguinte: telecom (2,1), hospedagem (2,4), qualificação de mão de obra (2,4), segurança pública (1,7), transporte (1,6) e aeroportos e portos (1,6). "O resultado da terceira medição do nosso termômetro é bastante preocupante", avaliou Fernando Trevisan, pesquisador e consultor da Trevisan Gestão do Esporte.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.