Arte/ Estadão
Arte/ Estadão

Pesquisa Estadão: Atlético-MG coloca seis jogadores entre os melhores da temporada

Campeão Brasileiro, da Copa do Brasil e Estadual, time mineiro tem o maior número de representantes; Campeão da Libertadores, Palmeiras aparece com três

Rodrigo Sampaio, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2021 | 20h30

Realizada desde 1978, a tradicional Pesquisa Estadão sobre os destaques da temporada 2021 acompanhou as principais tendências do esporte no ano, que contou com a realização da Olimpíada de Tóquio – adiada em um ano por causa da pandemia – e um calendário apertado no futebol nacional.

Os mais de 70 votantes especializados no Brasil puderam montar a seleção ideal do futebol brasileiro, além de indicar os melhores do País na Olimpíada e o esportista do ano.

Campeão do Brasileirão, da Copa do Brasil e do Estadual, o Atlético-MG foi o time com o maior número de representantes nesse timaço montado pelo Estadão. A equipe mineira emplacou seis jogadores entre os mais votados, além do técnico Cuca. Bicampeão da Libertadores, o Palmeiras aparece com três atletas; Flamengo e Internacional colocaram um jogador cada.

OS ESCOLHIDOS

  • Weverton: Pelo terceiro ano seguido, o goleiro do Palmeiras é eleito o melhor da temporada. Homem de confiança do técnico Abel Ferreira e ídolo da torcida, o jogador recebeu 72% dos votos.
  • Mariano:  Após um 2020 de pouco brilho, o lateral-direito desencantou com a camisa do Atlético-MG. Aos 35 anos, Mariano foi escolhido por 32% dos votantes, confirmando seu ano de reafirmação.
  • Gustavo Gómez: O zagueiro paraguaio é outro palmeirense que retorna à lista. Sempre com segurança, o capitão do time e da seleção de seu país recebeu 40% dos votos.
  • Junior Alonso: Nome menos badalado entre as estrelas do Atlético-MG, o zagueiro foi fundamental para o time mineiro levar o título do Brasileirão com apenas 34 gols sofridos. O compatriota de Gómez teve 22% da preferência dos votos.
  • Guilherme Arana: O lateral-esquerdo manteve o bom futebol apresentado no último ano e voltou a figurar entre os melhores. Foi quase uma unanimidade, com 97% dos votos.
  • Jair:  O volante foi peça-chave na engrenagem do Galo. Fez um ano intenso e muito bom e ficou com 16% dos votos.
  • Edenilson: Apesar da campanha irregular do Internacional, o volante do Inter segue gozando de prestígio e foi escolhido por 26% dos jornalistas.
  • Raphael Veiga: O meio-campista de 26 anos foi o principal jogador do Palmeiras no bi da América, fechando a temporada com 18 gols. Jogou muito no Brasileirão também e fechou a pesquisa com 37%.
  • Nacho Fernández: Recebeu 19% dos votos. Contratado para ser o responsável pela criação do Atlético-MG, o meia argentino conseguiu repetir no País as boas atuações que o consagraram com a camisa do argentino River Plate.
  • Gabigol: O jogador continua sendo a principal arma no ataque do Flamengo. Marcou 34 gols em 45 partidas no ano. Teve 19% na votação.
  • Hulk: Incontestável. A estrela do Galo sobrou em campo e comandou o Atlético na conquista da tríplice coroa, marcando 36 gols em 68 jogos. O atleta foi coroado e recebeu 49% dos votos. Tem 35 anos.
  • Cuca: A preferência dos votantes como melhor técnico de 2021 foi para Cuca. Apontado por 61% dos jornalistas do Brasil, o comandante do time mineiro entrou para a história do Atlético como o treinador responsável por encerrar o jejum de 50 anos do clube sem vencer o Brasileirão.
  • André: O volante do Fluminense foi escolhido revelação do ano. Teve 24% dos votos.

VAR

O recurso do árbitro de vídeo (VAR) ganhou ainda mais a confiança da imprensa brasileira em 2021. Dos jornalistas consultados, 95% defendem a manutenção do seu uso para esclarecer lances e apenas 5% se dizem contrários à tecnologia. A ferramenta, que já havia sido aprovada por 89% dos votantes no ano passado, registra um crescimento de popularidade em uma temporada marcada pela saída de Leonardo Gaciba do comando da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), sendo substituído por Alício Pena Júnior, que ocupa o cargo de forma interina.

A gota d’água para a troca no comando aconteceu na vitória do Flamengo por 3 a 0 sobre o Bahia, no Maracanã, pela 31.ª rodada do Brasileirão, quando um pênalti inexistente foi marcado para o time carioca, mesmo com o auxílio do vídeo.

Rebeca Andrade é eleita destaque nos Jogos e esportista do ano

A ginasta Rebeca Andrade não deu chance para os concorrentes nas categorias olímpicas da Pesquisa Estadão. Medalhista de ouro no salto em Tóquio-2020, a paulista de 22 anos recebeu 55% dos votos para o destaque feminino nos Jogos, de onde também saiu com uma prata no individual geral. No masculino, o canoísta Isaquias Queiroz, que também subiu ao lugar mais alto do pódio no Japão, foi o preferido para com 51%.

No ano em que o Brasil fez sua melhor participação olímpica da história, (12.º lugar, com 21 medalhas), Rebeca Andrade também foi eleita pela Pesquisa Estadão como o principal destaque da competição, com 27% dos votos, além de ser apontada como a esportista do ano por 34%. Assim como em Tóquio, a atleta repetiu o sucesso no Mundial de Ginástica, tornando-se a primeira brasileira a garantir duas medalhas – uma de ouro e outra de prata.

QUEM VOTOU

Adalberto Leister Filho – repórter freelancer

Adonis Alonso – Blog do Adonis

Alex Alves Fogaça – Rede TV!

Almir Leite – Estadão

André Avelar – R7

André Vieira – Metro Jornal

Bruno Ferreira – O DIA

Bruno Moreira – O Liberal

Carlos Fernando – Bandsports

Cauê Dias – TV Globo

Celso Unzelte – Canais Disney/ESPN

Cesar Ferreira Filho – Rede TV!

Charles Mills – Band

Ciro Campos – ESPN

Claudinei Queiroz – Folha de S.Paulo

Denis Striani – GIRO ABC Jornal

Erich Beting – Máquina do Esporte

Estevan Ciccone – Band

Fábio Hecico – Estadão

Fábio Luiz França – BandNews FM

Felipe Rosa Mendes – Estadão

Felippe Scozzafave – R7

Felipy Brandão – Jornal Boqnews

Fernando Camargo – Energia 97

Fernando H. Ahuvia – Triple Comunicação/SBT

Fernando Mello – Press FC

Fernando Murad – Meio & Mensagem

Glauco de Pierri – Estadão

Gonçalo Junior – Estadão

Grégori Claro – São Paulo FC

Guilherme Bianchini – Estadão

Guilherme Dionizio – Estadão Conteúdo

Igor Ferraz – Estadão

Ítalo Lo Re – Estadão

Jeferson Yassuda – L Signo Comunicação

João Pedro Bezerra – Jornal Boqnews

João Prata – Estadão

Jonas Moura – Lance!

José – Cactus

José Augusto Simões – Rádio 365

Julio Frascino – Record TV

Lara Mota – Repórter freelancer

Leonardo Santana – Jornal MASSA!

Lucas C. Domanico Lattaro Mello – Record News

Luiz Carlos Louback Junior – TV Globo

Marcello Neves – O Globo

Márcio Bernardes – Rádio Transamérica

Marcio Dolzan – Estadão

Marcio Monteiro de Alencar – Lance!

Marcio Roberto Torvano – Rádio 105 FM

Marcius Azevedo – Estadão

Marcos Garcia – repórter freelancer

Marcos Eduardo Carvalho – Jornal OVALE

Maurício Oliveira – TV Globo

Messias Borges – Diário do Nordeste

Osires Nadal – Rádio Clube Fm e Jornal Impacto

Rafael Bortoloti – Flipar.com.br

Raoni David – Federação Paulista de Futebol (FPF)

Raphael Ramos – Estadão

Ricardo Magatti – Estadão

Ricardo Zanei – ESPN Brasil

Roberta Scherer – Band

Roberto Bascchera – Estadão

Rodney Brocanelli – Rádio Premium Esportes

Rodrigo Sampaio – Estadão

Rodolfo Mondoni – Estadão

Ronald Gimenez – Rádio Bandeirantes

Samuel Lima – Estadão

Sergio Santana – Lance!

Sérgio Rizzo – O Globo

Ted Sartori – Canal Só Esportes e Revistas Mais

Thaís Jorge de Freitas – GE

Vinícius da Rocha Perazzini – Lance!

Victor Mendes – Lance!

Wilson Baldini Jr. – Estadão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.