Pet ainda não se acertou na China

Enquanto Romário dribla até a guerra para conseguir os petrodólares, o meia Petkovic ainda não resolveu sua rescisão contratual com o Vasco para poder atuar na China. Desde que largou o clube brasileiro e se apresentou ao Shangai Shenhua, foi deflagrada uma briga judicial. Para desespero do atleta, o prazo para sua inscrição no campeonato local termina nesta sexta-feira. O presidente do Vasco, Eurico Miranda, já avisou que somente dará a liberação a Petkovic se o clube for indenizado. O atleta ainda tinha três meses de contrato com o time de São Januário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.