Petkovic veio sem aval de Cuca, diz presidente do Fla

A contratação de Petkovic, anunciada na noite de terça-feira, continua causando polêmica no Flamengo. Nesta quarta, Delair Dumbrosck, presidente interino do clube carioca, não titubeou em afirmar que o técnico Cuca não foi consultado sobre a chegada do experiente meia sérvio. O dirigente ainda definiu o acordo feito com o jogador como "uma decisão da presidência".

AE, Agencia Estado

20 de maio de 2009 | 20h58

No entanto, Dumbrosck disse que o vice-presidente de futebol Kleber Leite tinha conhecimento da negociação. "Ele acompanhou todo o processo", garantiu o dirigente máximo do Flamengo em entrevista à ESPN Brasil. Além disso, Dumbrosck também tentou explicar a falta de comunicação com Cuca. Para o presidente, que substitui o licenciado Márcio Braga, foi apenas um mal-entendido. "Se ele (Kleber Leite) não contou, não foi por maldade."

O meia Petkovic volta ao Flamengo para a sua segunda passagem pela equipe, depois de se destacar em 2001, na conquista do tricampeonato Estadual. O sérvio de 36 anos acertou com o time carioca como parte de um acordo para quitar as dívidas que o clube tem com ele. Petkovic assinou contrato até maio de 2010, mas os valores da negociação e de seu salário não foram revelados.

Com a ameaça de a contratação causar discórdia entre a comissão técnica e os jogadores, Dumbrosck classificou a chegada de Petkovic como "uma necessidade". Sobre a possível insatisfação de Cuca por não ter sido consultado, o presidente do Flamengo ainda afirmou ter "certeza" de que o treinador vai entender.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.