Petrobras suspende pagamento ao Fla

A crise no Rubro-Negro piorou com a suspensão do pagamento de R$ 600 mil por mês dos patrocinadores Petrobrás e BR Distribuidora - R$ 300 mil de cada. As empresas prometem regularizar a situação depois que o clube renegociar sua dívida com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O goleiro Júlio César parece uma voz isolada no clube: ele defende a contratação de Romário, que ainda pode voltar à equipe, desde que reduza em mais da metade sua proposta salarial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.