Érico Leonan/São Paulo FC
Érico Leonan/São Paulo FC

Petros diz que fair play no futebol é decisão pessoal: 'Quem sou eu para julgar?'

Volante não quis opinar sobre o gol de mão do centroavante Jô, do Corinthians, no último domingo

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

19 de setembro de 2017 | 12h37

O volante Petros, do São Paulo, disse nesta terça-feira que atitudes de fair play no futebol são decisões pessoais e preferiu não opinar sobre a polêmica envolvendo o centroavante Jô, do Corinthians, que fez um gol de mão na vitória sobre o Vasco por 1 a 0 no último domingo, em rodada do Brasileirão.

"Fair play é uma questão muito pessoal. Cada um tem sua cabeça e seu mundo. Já vivi situações em que o adversário devolveu a bola enquanto ganhava e não devolveu quando estava perdendo. É uma questão pontual. Quem sou eu para julgar? Nunca vivenciei uma situação como essa", disse o volante.

O jogador comentou também a implantação de árbitros de vídeo no Campeonato Brasileiro, que pode acontecer já na próxima rodada do torneio, justamente por conta da pressão sobre a CBF após o gol de Jô. Para ele, o momento não é o ideal.

"Se é para melhorar o futebol, não vejo nenhum problema. Mas, se é por conta de um lance, não acho que seja o ideal implantar agora. Esperamos que não seja necessário, mas se precisar, que seja rápido para não prejudicar o andamento das partidas."

PREPARAÇÃO - Para Petros, o São Paulo está preparado para o duelo contra os corintianos. "O Corinthians é uma grande equipe. É o rival a ser batido neste Brasileiro, líder desde o início da temporada, e já recebemos as informações que precisamos para neutralizá-los", afirmou o jogador.

O volante disse que o time está mais confiante depois do triunfo sobre o Vitória por 2 a 1, no último domingo, em Salvador. "Estou muito feliz, confiante e satisfeito e vejo cada jogador fazendo seu melhor. O São Paulo não está acostumado a viver momentos ruins como esse e queremos superar isso logo. Queremos vencer e iniciar uma semana depois de uma vitória fora de casa é muito importante."

Petros disse ainda que o time conta com o apoio da torcida tricolor no jogo no Morumbi. O São Paulo já vendeu mais de 42 mil ingressos para a partida, que pode registrar um novo recorde de público no Brasileirão. "A gente vem numa crescente e a expectativa é de novo recorde de público. A torcida tem uma importância fundamental para o São Paulo e estamos trabalhando bem."

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.