Daniel Teixeira/ Estadão
Daniel Teixeira/ Estadão

Petros elogia atuação do São Paulo no clássico: 'Demos uma aula de futebol'

Volante lamenta empate e reclama da arbitragem no lance do gol do rival

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2017 | 13h46

Autor do gol do São Paulo no empate por 1 a 1 com o Corinthians, neste domingo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, o volante Petros preferiu exaltar a boa atuação da equipe a lamentar o resultado que a mantém ameaçada de rebaixamento à Série B. Na visão do jogador, o São Paulo "deu uma aula" ao Corinthians no Morumbi.

"Estou feliz pelo desempenho da equipe. Fomos muito superiores, demos uma aula de como se joga futebol. Vão comentar que o São Paulo é time de rebaixamento, mas demos uma aula no primeiro colocado. É uma pena, envolvemos o adversário por completo. É seguir trabalhando, não tem alternativa. É seguir trabalhando", disse.

O volante ainda reclamou da atuação do árbitro Wagner do Nascimento Magalhães por não ter marcado falta de Rodriguinho em cima de Júnior Tavares no lance do gol do Corinthians. "Se tem 50 desses lances na partida, são 50 faltas. Ele fez uma excelente arbitragem, mas detalhes como esse definem uma partida."

Sobre o lance do seu gol, Petros garantiu que teve a intenção de chutar a bola e não de fazer o cruzamento. "Eu chutei, sim, para o gol. O Arana estava muito perto de mim e tentei chutar", disse.

O São Paulo tem 28 pontos e ocupa a 15ª posição na tabela de classificação. A equipe volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Sport, no Morumbi. O lateral Júnior Tavares levou o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.