PF "limpa" os arquivos do Vasco

Depois de sete horas vasculhando a sede do Vasco, a Polícia Federal apreendeu 38 caixas com documentos contábeis, 7 livros-caixa e 4 fichários do clube carioca. A papelada já foi levada para a Superintendência da PF no Rio, onde será efetuado o auto de apreensão.A PF tomou conta de São Januário nesta quinta-feira, para cumprir ordem da 7ª Vara da Justiça Federal. A documentação foi requisitada pela CPI do Futebol, no Senado, para que as contas do Vasco possam ser investigadas pela comissão.Depois de enfrentar resistência da direção do Vasco para realizar a busca na quarta-feira, a PF voltou hoje ao clube preparada para apreender o material necessário. Com o apoio de 30 agentes, armados até com metralhadoras, a ação fechou São Januário durante sete horas e possibilitou que o trabalho fosse realizado normalmente, sem interferência dos vascaínos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.